Conheça alguns cases de sucesso da Push

Homem segurando celular com o U-report na tela

CEO da Push promove a tecnologia como agente de mudança social em conferência

Para falar sobre o tema “Usando chatbot e inteligência artificial para mudar a vida das pessoas”, Leandro Neves, sócio-fundador da Ilhasoft e CEO da Push, participa de evento gratuito realizado para promover discussões e soluções inovadoras para a gestão pública em Alagoas, no Brasil.

Num universo de mais de 30 mentes “fora da caixinha” participantes do MindTalk, o empreendedor, que desenvolve aplicações móveis desde 2006 e chatbots desde 2015, conta cases de sucesso da empresa que é especialista em soluções digitais e já conseguiu causar impacto no outro lado do mundo!

Descubra alguns neste post!

Anu Puri, uma das líderes da UNICEF na Índia, e Leandro Neves em treinamento para o uso do U-report.
Anu Puri, uma das líderes da UNICEF na Índia, e Leandro Neves em treinamento para o uso do U-report.

A Ilhasoft chamou a atenção da UNICEF, que sempre está em busca de ações inovadoras e, assim, nasceu o U-report. Uma ferramenta que incentiva a participação da comunidade na abordagem de questões sobre saúde, educação, água, saneamento, higiene, desemprego juvenil, HIV/AIDS, surtos de doenças e qualquer outra matéria que preocupe a sociedade. Nessa plataforma, o usuário que segue o U-report Global no Facebook, recebe, via mensagens, alertas a respeito das pesquisas que estão acontecendo, para que possa opinar. As respostas coletadas são mapeadas no site e os resultados e ideias, compartilhados com a comunidade. É um movimento global gratuito para realizar mudanças sociais positivas.

Outro grande projeto da fábrica fica lá no Camboja, no sudeste asiático, e auxilia um programa chamado People in Need (pessoas em necessidade). Com a colaboração do Push, um software de chatbots (conversas com robôs), foram desenvolvidos dois sistemas que auxiliam a população cambojana. Um é o mHealth, que envia mensagens semanais para cerca de 25 mil mães, contendo informações sobre os cuidados com a saúde, higiene, nutrição e tudo o que for relevante para a qualidade de vida da gestante e do bebê, durante toda a gestação e os primeiros dois anos da criança.

O segundo envia avisos sobre tempestades, inundações; desastres naturais no país. Agentes da comunidade nacional para desastres no Camboja gravam mensagens em seus laptops e as enviam simultaneamente para os usuários cadastrados no sistema. “O sistema se provou muito eficaz quando precisamos. Tem nos ajudado muito e, com certeza, ao povo do Camboja”, afirma James Hapll, gerente de tecnologia do People in Need.

 


 

Se quiser saber um pouco mais sobre como soluções digitais podem ajudar a combater os problemas sociais, acesse nosso site  e entre em contato conosco.

Leave a comment