fbpx

Chatbots: veja 4 casos de sucesso no atendimento

Cada vez mais, empresas de diferentes portes e segmentos estão investindo em chatbots para os seus canais de atendimento com o objetivo de melhorar a experiência do cliente.

E não há dúvidas sobre a importância desta valorização. O atendimento é o principal ponto de contato entre sua marca e o cliente. Por isso, é um dos setores mais sensíveis de uma empresa.

Se o atendimento proporcionar uma experiência positiva, as chances de fidelização do cliente são altas. Ele ainda pode se tornar um defensor da marca, aumentando a sua visibilidade e credibilidade no mercado.

No entanto, se a experiência proporcionada for negativa, a marca pode ter a sua reputação prejudicada. Isso causar problemas sérios na imagem da empresa e, consequentemente, na aquisição de novos clientes e oportunidades.

Neste contexto, os chatbots são importantes aliados ao proporcionar um atendimento de excelência, unindo qualidade e agilidade.

Neste artigo, vamos mostrar 4 casos de sucesso da Plataforma Push, a solução em chatbots da Ilhasoft, em que assistentes virtuais tem atuado no atendimento facilitando processos e gerando novas oportunidades de negócios. Confira!

Chatbots no atendimento ao cliente: panorama geral

Antes de apresentarmos nossos casos de sucesso, é importante falarmos sobre a presença atual dos chatbots nos canais de atendimento e as tendências desta solução tecnológica.

De acordo com a pesquisa Mapa do Ecossistema Brasileiro de Bots 2019, 94% dos chatbots desenvolvidos no ano tinham como finalidade o SAC.

Este dado não causa surpresa, visto que assistentes virtuais são ferramentas capazes de otimizar a comunicação entre marca e sua audiência.

Os chatbots possibilitam atendimento full-time ao usuários, permitindo que este solucione suas solicitações a qualquer momento.

Além disso, um assistente virtual é capaz de responder dúvidas frequentes, realizar atendimentos simultaneamente e fazer uma poderosa triagem das solicitações dos usuários para atendentes. Tudo isso torna o atendimento mais ágil, reduzindo o tempo de espera por resposta do usuário e, consequentemente, proporcionando uma experiência mais positiva.

Essa disponibilidade e agilidade proporcionada pelos chatbots é o benefício mais valorizado pelos consumidores quando o assunto é o uso desta tecnologia.

De acordo com a Chatbot Magazine, 69% dos consumidores preferem chatbots pela sua capacidade de fornecer respostas rápidas a perguntas simples. Outro dado importante é que 50% dos clientes esperam que uma empresa esteja aberta 24 horas, 7 dias da semana segundo pesquisa realizada pela Oracle.

Se você ainda não está convencido sobre a eficácia e importância de chatbots no atendimento ao cliente, conheça a seguir quatro chatbots desenvolvidos pela Plataforma Push e que estão auxiliando empresas e instituições governamentais a melhorar a sua comunicação com o público.

Chatbots de atendimento financeiro: conheça a Susana

Solicitações relacionadas ao setor financeiro são comuns nos canais de atendimento ao cliente das empresas.

Demandas como emissão de 2ª via de boleto, consultas sobre a situação financeira, cobranças e renegociações de dívidas são alguns exemplos de demandas financeiras e que podem ser solucionadas com um chatbot.

Diversas empresas do ramo financeiro já se atentaram para os benefícios que chatbots podem trazer. De acordo com a pesquisa Chatbots Statistics CheatSheet, realizada pela Ubisend, bancos economizam o valor médio de 0,60 dólares por interação via assistentes virtuais. A mesma pesquisa relata que até 2022, 90% das interações relacionadas a bancos serão automatizadas por bots.

Antenada a esta tendência, a Plataforma Push criou a Susana, chatbot financeiro que tem ajudado dezenas de empresas em suas demandas financeiras.

Susana: + de 26 empresas atendidas

A Susana é um modelo de chatbot financeiro criado pela Ilhasoft por meio da Plataforma Push.

Desenvolvida para atuar no relacionamento com o cliente em assuntos do setor financeiro, a Susana disponibiliza atendimento para o público 24 horas, 7 dias da semana.

Um chatbot financeiro criado na Plataforma Push como a Susana, automatiza serviços burocráticos e repetitivos. Alguns deles são a emissão de boletos, informações sobre posição financeira, envio de lembretes e notificações de cobranças, envio de confirmação de pagamentos, entre outros.

A Susana já é um sucesso presente em mais de 26 empresas, onde tem contribuído no combate à inadimplência e na redução de custos operacionais.

Quer saber mais sobre chatbot financeiro? Clique aqui e saiba como transformar o seu setor com chatbots!

Chatbots de atendimento: conheça o Ton

Como dissemos anteriormente, chatbots são uma importante ferramenta de otimização para o atendimento ao cliente.

Eles podem ser implantados em diferentes canais como sites, aplicativos próprios, redes sociais e apps de troca de mensagens, como por exemplo o WhatsApp.

Com o uso de Inteligência Artificial (AI) e Processamento de Linguagem Natural (PLN), é possível criar chatbots inteligentes, naturais e cada vez mais funcionais, capazes de realizar diferentes demandas, como:

  • Proporcionar atendimento 24 horas, 7 dias da semana;
  • Responder dúvidas frequentes;
  • Solucionar chamados repetitivos e burocráticos;
  •  Realizar atendimentos simultâneos;
  •  Realizar a triagem das solicitações dos usuários;
  • Redirecionar o atendimento a um agente humano específico sempre que necessário;
  • Realizar reservas e agendamentos;
  •  Coletar dados e informações do usuário de forma natural;
  • Integrar com o ERP ou CRM que a sua empresa utiliza.

Além disso, chatbots de atendimento podem ser excelentes ferramentas para obter mais informações sobre o usuário e suas necessidades. Eles podem auxiliar equipes de vendas e marketing a posicionar prospects no funil de vendas e assim, criar abordagens mais assertivas e que levem a reais oportunidades de fechamento de negócio.

É o que o Ton, assistente virtual da Stone faz. Veja a seguir.

Ton: + de 1.500.000 mensagens trocadas

O Ton é um chatbot desenvolvido com a Plataforma Push para a Stone, empresa que comercializa maquininhas de cartão para empresas.

Implantado no site e no WhatsApp da Stone, o Ton utiliza o Bothub, plataforma colaborativa de AI e PLN, na comunicação com usuários, a fim de entender as suas necessidades e assim oferecer a melhor solução em maquininha para o cliente em questão. Ao final do atendimento, o chatbot coleta o número de telefone do usuário, para que posteriormente a equipe de vendas entre em contato.

Além disso, o Ton também presta atendimento a usuários que já são clientes da empresa, resolvendo demandas relacionadas aos diferentes produtos oferecidos pela marca.

Ao automatizar todo este processo, o chatbot evita a sobrecarga da equipe de atendimento que se torna mais produtiva e focada em ações estratégicas da empresa. Por outro lado, ele aumenta a agilidade e assertividade da equipe de vendas que assume o atendimento com todas as informações relevantes ao usuário e suas necessidades e assim, agem de forma mais assertiva.

Para ter ideia do sucesso do Ton, a Stone já trocou mais de um milhão e meio de mensagens com seus clientes nos primeiros quatro meses de implantação!

Chatbots em ações governamentais: conheça a Jaque e a Bela

Primeiramente, engana-se quem pensa que apenas empresas privadas se beneficiam da implantação de chatbots nos canais de comunicação.

A transformação digital em governos é uma realidade e os chatbots são a ferramenta mais utilizada neste processo.

Seja para reduzir a burocracia de processos ou para informar, os assistentes virtuais têm marcado presença em ações governamentais. É o caso da Jaque e da Bela.

Jaque: + de 60.000 atendimentos mensais

A Jaque é um chatbot desenvolvido para o Já! – Central de Atendimento ao Cidadão do Governo de Alagoas – e seu principal objetivo é simplificar e desburocratizar alguns serviços prestados pelo governo alagoano.

Por estar integrada aos dados da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), a Jaque auxilia os cidadãos respondendo dúvidas sobre os mais de 1.700 serviços prestados pelo governo.

O sucesso da Jaque é tão grande que atualmente ela realiza mais de 60.000 atendimentos por mês!

Bela: tecnologia no combate ao Coronavirus

Você já imaginou que chatbots poderiam impactar mais de 30 milhões de habitantes e salvar milhares de vidas?

Este é o resultado da Bela, o chatbot desenvolvido pela Ilhasoft para auxiliar governos no combate à COVID-19.

Adotada pelos governos do Ceará, Bahia e Alagoas, a Bela atua disseminando informações sobre o Coronavírus, para assim combater a contaminação e a aglomeração em postos de saúde.

Entre as atuações da Bela, está a realização de diagnósticos à distância, suporte com equipe médica, apoio psicológico para agentes da saúde e dicas para lidar com o isolamento social.

Cada estado possui a sua versão personalizada da Bela, implantada em diferentes canais de comunicação, como site, WhatsApp e Facebook Messenger.

Somando os três estados, a Bela impacta uma população de quase 30 milhões de pessoas e o projeto vem salvando milhares de vidas todos os dias.

Concluindo…

Por fim, seja em instituições financeiras, comerciais ou governamentais, os chatbots são ferramentas essenciais para empresas que desejam otimizar o atendimento ao cliente, proporcionando uma experiência de alta qualidade e eficiência para seus clientes.

De acordo com esta pesquisa, 31% das empresas com melhor desempenho planejam usar chatbots e IA nos próximos 12 meses e 4,5 bilhões de dólares é o montante esperado para ser investido em chatbots até 2021.

Você e sua empresa vão ficar para trás? Saia na frente e conheça a Plataforma Push, solução em chatbots da Ilhasoft. Não perca mais tempo e fale com um dos nossos especialistas.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Deixe seu comentário!x