5 motivos para digitalizar o seu atendimento

Mulher segurando celular com chatbot do Push

Hoje, alcançar a satisfação do cliente é algo bem mais complexo do que já foi um dia. Atingir as expectativas do novo consumidor é um compromisso árduo e completamente ligado às tecnologias. A interação entre empresa e cliente envolve cada vez mais canais, fazendo-se primordial a implantação de uma assistência mais rápida e assertiva.

Mas, afinal, por que digitalizar o atendimento? Quais são as vantagens?

Aqui, estão as 5 razões que vão te fazer acreditar que o atendimento digital deve ser um dos principais focos de uma empresa.

1- Celeridade e otimização

O alicerce de um bom atendimento é conhecer o consumidor, identificar suas necessidades e entregar-lhe a resposta solicitada, com agilidade e competência. O atendimento digital permite a otimização do tempo de funcionários e clientes. Empregá-lo em um empreendimento, é basicamente minimizar a indispensabilidade da intervenção humana, abrindo espaço para uma resolução imediata da demanda do cliente. A qualquer momento e, de certa forma, com independência. Além, é claro, de maximizar a eficiência.

O atendimento digital concebe as mais variadas informações para garantir uma assistência personalizada e, consequentemente, melhor. A capacidade de analisar perfis e hábitos do consumidor de forma automática garante um subsídio direcionado e efetivo.

Limitar o esforço do cliente é uma ótima maneira de conquistá-lo! Simplificar a experiência móvel, usando canais dos quais as pessoas já se servem no dia a dia, como WhatsApp e Facebook, é um belo modelo.

De acordo com a Coleman Parkes, especialista em pesquisas de negócios, 91% dos entrevistados em um estudo, diversificariam os meios online para serem atendidos.

2- Impulsionar as vendas

Um processo tradicional de vendas exige muito mais trabalho do que quando há uma automação. O vendedor precisa sondar possíveis clientes, contatá-los, qualificá-los e, a partir daí, gastar bastante energia e persistência num processo que pode ser lento e chato para ambos os lados. Ademais, tudo isso pode ser feito no momento errado.

Existe uma estratégia no marketing, usada há muito tempo pelos profissionais da área, chamada funil de vendas. Esse funil serve para mapear os passos de um possível cliente (lead) desde o primeiro contato até o momento da compra. É bem mais fácil fazer esse monitoramento através de atendimentos digitais, porque os softwares que os viabilizam são capazes de registrar informações e comportamentos e, assim, discernir em que estágio do funil está o consumidor e qual a melhor abordagem para ele.

 

 

Através desse artifício, é possível “alimentar” o cliente por intermédio de sites, emails, e-books, redes sociais e outros meios estratégicos do marketing. No pré-vendas, com conteúdos que podem fazê-lo decidir comprar, e no pós-vendas, aumentando as chances de conquistar o deleite e a conservação dele como freguês.

3- Retenção de clientes

A relação com o consumidor vem desde aquele primeiro contato e vai além da venda. O atendimento digital permite que ela seja mais direta, adequada e palpável. A circunstância de se tratar de um suporte personalizado, dá a impressão de um tratamento especial e de uma experiência única.

Gerir o relacionamento com o cliente é muito mais simples quando se pode contar com uma base de dados acessível e com a identificação automatizada de suas necessidades. Resolver problemas com agilidade leva a empresa a se destacar diante das outras. Um chatbot, por exemplo, pode fazer isso espontaneamente e com maestria.

No mercado competitivo em que vivemos, ter interagido alguma vez com uma empresa não é mais suficiente para ser fiel a ela. A corporação precisa conhecer seu cliente. Analisá-lo e, principalmente, corresponder ao que ele espera. Atender com zelo, torna mais próxima a satisfação do consumidor, que está atrelada à confiança e à retenção do cliente.

4- Baixo custo

Sim! É possível melhorar o atendimento gastando pouco. Lidar com pessoas e com inovações nem sempre é natural. Assistir um cliente, seja lá qual for o meio utilizado, exige preparação. Investir na qualificação de funcionários, seja no atendimento digital ou no tradicional, não pode ser considerado NUNCA um custo extra. É investimento! Bem como aplicar recursos na compra de plataformas e softwares para digitalizar o atendimento da companhia.

Chegar ao cliente através de redes sociais, e-mails ou chats é, obviamente, menos custoso que contratar várias pessoas para desempenhá-lo. E depois, nem toda consulta precisa do auxílio de um atendente humano. O autoatendimento é capaz de reduzir cerca de 80% das incumbências de um SAC habitual. Às vezes, o próprio cliente pode esclarecer uma dúvida ou resolver um impasse, usufruindo de serviços automáticos, e isso resulta numa aprazível economia.

5- Credibilidade e destaque

Um atendimento excelente é o que sustenta o nome de uma marca. Aproximar-se do cliente e ganhar dele a convicção da qualidade dos bens e serviços oferecidos, pode ser o grande diferencial de uma empresa.

Parece mentira, mas alguns empreendimentos, mesmo os grandes, continuam com os pés presos no passado. Uma empresa que sempre olhe pra frente e se antecipe nas novidades, vai ganhar destaque e passar a vender mais e com mais recorrência para as mesmas pessoas. Crescendo rápida e continuamente.

 


 

As razões foram convincentes? Deixe um comentário.

Quer saber mais sobre tecnologia? O nosso blog tá cheio de conteúdo interessante. Acompanhe! 🙂

Related Posts

Leave a comment